terça-feira, julho 12, 2005

ALAIN CORBEL II


Estava aqui enfiada no meio das minhas coisas mas vi este post da Alice e quis tentar deixar a minha opinião pessoal.
De facto eu também fiquei bastante desiludida e até triste quando o Alain me contou que o seu trabalho tinha sido recusado para um dos livros do “Expresso”.
Surpreendida talvez não tanto.
Das conversas que tenho ou por vezes em conversa informal com editores de quem gosto e com quem falo mais abertamente, eu sei que há quem tenha a opinião sobre o trabalho do Alain que:
As ilustrações dele são” um bocado estranhas”,
Ou “que são intelectuais demais”
Ou “que são frias demais para crianças”
Para mim o Alain é um MESTRE.
E esta é a minha opinião pessoal, mas antes que seja acusada de “palmadinhas nas costas” devo dizer que sei separar o gostar de uma pessoa do apreciar ou não o seu trabalho.
Mas de facto e como já disse, o Alain é para mim um Ilustrador excepcional e isto porque:
Trabalha bem em qualquer material,tem uma versatilidade que me deixa de “boca aberta”, está sempre em sucessiva experimentação, tem um grande senso de honestidade e autocrítica em relação ao trabalho que faz e, mais importante, uma atitude de grande modéstia, simplicidade e normalidade em relação à sua produção e vivência enquanto ilustrador.

No caso do Expresso, eu ilustrei um dos livros.
Não creio que a recusa tenha vindo da ZERO A OITO já que as coordenadoras do projecto o convidaram. E também por causa da experiência que tive.
Quando convidada apresentei o meu portfolio e perguntei se seria possível, uma vez que se tratava de um livro com animais de o ilustrar com as minhas colagens.E a coordenação da Zero a Oito gostou.
post3

No entanto a sei que a opinião do “Expresso” foi de que “eram bonitas, sim, mas demasiado artísticas”.
Não enveredando pelo caminho de discutir o tema “Mas afinal a Ilustração é ou não é Arte?”, obviamente que estando a prestar um serviço a um cliente eu devo respeitar os seus gostos e assim acabei por fazer, da melhor forma possível dentro dos 10 dias que me deram para ilustrar o livro, isto…
post2
Durante o processo senti pelas perguntas que me faziam (embora o projecto estivesse mesmo muito bem coordenado entre as várias partes para que se fosse rapidamente concluído e tenha recebido o pagamento num curto prazo) que estava a trabalhar com pessoas de boa vontade mas não habituadas a lidar com o ilustrar de um livro infantil.
E embora tivessem ficado bastante satisfeitos com o resultado das minhas ilustrações digo aqui neste blog que eu, que o fiz, não fiquei, porque sei que tinha capacidade de fazer muito melhor, de explorar o texto e o espaço do livro de uma forma completamente diferente e também porque me cansa que as minhas ilustrações por vezes sejam conotadas com coisinhas “fofinhas, lindinhas e amorosas”...mas foi assim que a coisa acabou.
Se tivesse tido a permissão para o fazer diferente, claro.

Deixo aqui em jeito de” preview” duas ilustrações do Alain para o livro “A Máquina Infernal” do qual ele é também o escritor, e espero eu que ele não fique chateado, mas sabe que este, para mim que tive o prazer de ver os originais enquanto ele me contava a história, juntamente com “ A cor instável”, (se for bem digitalizado, calibrado e impresso) será um dos meus livros preferidos.
alain4
a-maquina

Sem dúvida que com a recusa do Expresso perdemos provavelmente mais um livro bem ilustrado e com um universo singular, no entanto… ainda bem que vem aí(quando,não sei dizer-vos) “A Máquina Infernal”.
alain-corbel1
ilustração de Alain Corbel

10 Comments:

Anonymous alice said...

Carla, foste muito concisa e clara, como é habitual em ti,neste post. A tendência é para a 'infantilização' da ilustração para a infância, prefere-se a ovelhinha fofinha e o encantador... Ilustradores como por exemplo a sara fanelli estaria tramados em portugal...acho que temos de contrariar essa tendência, ou pelo menos de ensinar aos outros que existe muito mais escolhas.

10:11 da manhã  
Blogger wiSHEs&HEros said...

Fico à espera de "A Máquina Infernal".

10:14 da manhã  
Blogger wiSHEs&HEros said...

Já agora, adoro as tuas colagens!

10:15 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

0LA CARLA, MAIS BONITAS ILUSTRACOES NOS MOSTRAS, JA COMPREI O TEUS LIVROS "COTAOZINHO" E "PEDRO PPESCADOR".

DO "COTAOZINHO" GOSTEI MUITO DOS TEXTOS E NAO TANTO DOS DESENHOS, MAS DO "PEDRO PESCADOR" GOSTEI MUITO, PARABENS...DESCOBRI TAMBEM UMA OUTRA ILUSTRADORA, MARTA TORRAO", DE QUE GOSTEI MUITO, ATE ACHO PARECIDO A TI, TU CONHECES, NAO?

ERIC B.

9:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

...HA E VERDADE JA ME SEQECI DE PERGUNTAR, TU NAO TEMS SITE POIS NAO? E QUE FIZ UM SEARCH E NAO ENCONTREI...MAS JA SEI COMO TU OLHAS(JOKE)

ERIC B.

9:20 da tarde  
Blogger kikazinha said...

Olá Eric obrigada pela compra foi muito simpático.Eu também prefiro as ilustrações de O PEDRO e ainda bem porque foi feito um ano depois do outro.Mas o texto do Daniel é muito bom e bonito.
Não tenho site,só vai estar pronto em Setembro.
Quanto à Marta se reparares bem na lista dos contributors verás que ela também pertence a este blog!Está é fora mas volta logo.No arquivo do blog ainda encontras posts dela.Mas terás que ter mais atenção porque de facto o nosso trabalho nada tem a ver um com o outro.Basta seguires a Terra do Nunca que sai ao Domingo com a Noticías Magazine e verás,ambas trabalhamos para lá.

12:24 da manhã  
Blogger kikazinha said...

Wishes&Heros já merece um cartão de frequent flyer.Obrigada pela assiduidade e apoio ao blog!bjs Carla

12:25 da manhã  
Blogger Rosa said...

Olá Carla, sou há anos admiradora do teu trabalho, e nos salões da Ilustração Portuguesa fico sempre imenso tempo a ver os teus originais. Queria só dizer-te que estas ilustrações novas, as tais "demasiado artísticas" (ha ha) me deixam ainda mais "fã". E a começar pelo cabeçalho do Escrever para o Boneco. Só espero ver-te (e aos demais autores) na Tiny Showcase. Não sei se conhecem, mas é um site/conceito que acho fantástico, e de que sou cliente.

1:02 da manhã  
Blogger Manuela Bacelar said...

O "demasiado artístico" e o "as crianças não compreendem", já mete nojo.Isso é porque estão á frente das colecções ilustradas uns pirosos na maioria dos casos. Todos engravatadinhos que quando nos aparecem nas editoras uma pessoa pensa:"OMESSA, enganei-me no nº da porta? Não vinha ao banco nem á seguradora!..."

1:17 da tarde  
Blogger kikazinha said...

Ah Manuela,

Estava aqui a ver isto e fartei-me de rir com o seu comentário.Está tão bem posto.Ah ah ah ah ah ah.
Que divertida que é,Manuela.
bjs Carla

10:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home