quinta-feira, setembro 29, 2005

Portugal+Galiza+França = literatura Infantil e Juvenil










Via Alcameh, um blog de Maria do sameiro Pedro, fundamental para quem segue de perto as questões em torno da literatura infanto-juvenil, a notícia sobre a realização dos 11ºs Encontros Luso-Galaicos-Franceses do Livro Infantil e Juvenil, de 16 a 18 de Novembro, na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto.
O tema deste ano são Os Clássicos: tradição e actualidade, sublinhando ( por razões óbvias ) Andersen e Verne.
Da área da ilustração, destaco os seguintes momentos que o programa nos propõe:
  • Mãe galinha, Mãe rainha - Um exposição de ilustração comissariada por Luís Mendonça ( ou Gémeo Luís, também autor da imagem que dá o rosto a estes encontros )
  • Apresentação de uma exposição dos desenhos originais
    de Miles Hyman, ilustrador do livro “Le sphinx des
    glaces” (ed. Actes Sud, 2004) de Jules Verne, com a
    presença do artista
  • Atelier de desenho e ilustração para jovens com o
    ilustrador Miles Hyman (França)
  • Encontro ( com crianças ) com Cristina Valadas
  • Encontro (com crianças ) e comunicação de Manuela Bacelar

Também via Alcameh, aqui fica o programa completo.

Os Cisnes Selvagens

cisnes

Outra edição particular feita para o bicentenário de Andersen é esta de “OS CISNES SELVAGENS” (De vilde Svaner) também de Niels Fischer e com o seu design, que conta também com o Alto Patrocínio da Embaixada da Dinamarca (entre outros).

Eu acho a edição lindíssima não só por ser uma das três histórias que realmente gosto escritas por H.C. Andersen mas especialmente pelas ilustrações muito particulares assinadas por EMA M (Margarida Prieto) e feitas a canetas de feltro!
Dêem uma olhada, é algo bastante diferente…

cisnes1

cisnes2

cisnes4

cisnes3

cisnes5

quarta-feira, setembro 28, 2005

Alfabeto dos bichos

xarroco
Olá, eu sou o xarroco!
O Alfabeto dos Bichos é o novo livro da dupla José Jorge Letria e André letria, lindo! Textos divertidos sobre os animais e elegantes ilustrações bem ao estilo do Letria. Boa edição da Oficina do Livro: bom papel, boa impressão e uma boa capa.

segunda-feira, setembro 26, 2005

As coisas que encontramos...

Andava aqui a fazer uma "purga" às minhas estantes quando encontrei esta fotocópia a cores de uma ilustração feita para um anúncio à Coca-Cola.
Não me perguntem quem é o autor, nem me lembro onde a arranjei ,mas sei que a tenho há uns dez anos.
Mas ainda gosto muito dela.(quando a encontro eh eh eh)

<coke

domingo, setembro 25, 2005

Afinal a exposição continua...

A Ana Ventura informou-me sobre a exposição do meu post abaixo que afinal é itinerante (yupiiii) vamos poder vê-la! Eh eh eh...

"Esta exposição é itinerante por Portugal.Neste momento está em Coimbra: COIMBRA - Museu Municipal - Galeria de Exposições Temporárias,
Edifício Chiado de 15 Setembro a 30 Outubro, Inauguração 18h00 (Quinta-feira). Apresentação idêntica.
E estará em Lisboa: LISBOA - Biblioteca Nacional de 15 Janeiro até ao final de Abril 2006. "

obrigada Ana V.

sexta-feira, setembro 23, 2005

Os recortes de papel de H. C. Andersen

Este foi o ano para comemorar o bicentenário do nascimento de H.C. Andersen.
Antes que o ano acabe…aqui fica o catálogo de uma exposição que, entre muitas, passou um bocado ao lado, pelo menos a mim e tenho muita pena.
Creio que não foi muito divulgada. No entanto consegui o catálogo, oferecido por uma amiga minha que o arranjou na embaixada da Dinamarca.
Deixo algumas imagens (tenho pena mas não dá para por todas) , que vale mesmo a pena ver, e o texto do catálogo.

andersen-1

“Os recortes de papel de Hans Christian Andersen

Hans Christian Andersen foi um homem de grande capacidade criativa. O seu olhar observador é penetrante e a sua fantasia tão extensiva que se apoderou dele.
A sua vida vibrava continuadamente. Sentimo-lo no estilo vivo e inconvencional dos seus contos e demais actividades artísticas.

Escritor e poeta, narrador para um público restrito ou extenso, cantava, desenhava, fazia colagens e recortes de papel – uns simples, outros complexos - todos feitos com a sua grande tesoura e todos destinados a ofertas.

andersen2

andersen3

Os recortes de papel de H. C. Andersen conduzem o nosso pensar para um mundo que nos faz lembrar os seus contos. São imagens do seu universo realista, iluminado pelo seu universo poético ou fantástico e, também, imagens da dança da vida e da solidão do seu coração – o sol, a lua, as plantas, os animais, figuras humanas que lutam e dançam com o coração na mão, máscaras do bom e do mau (que ás vezes são propositadamente primitivas), lugares e figuras poéticos ou fantásticos, sempre relacionados com a condição humana da vida e da morte.
Todos são símbolos andersenianos, e todos tão simples…

andersen4

andersen5

Nesta mostra de recortes de papel de H.C. Andersen – que sofreram os reveses de uma centena e meia de anos – foram todos redesenhados, restaurados e são agora apresentados de uma forma simples, porque o mais importante é a própria imagem e a sua divulgação, pois a sua obra pertence-nos a todos – creio que tenho a aprovação de Hans Christian Andersen.

Niels Fischer “

André Lemos no Porto

Convite_Costas_300
"The Black Flow Arena" é o título da exposição de André Lemos, autor de bd e ilustrador, no âmbito do projecto In.Transit de Paulo Mendes no edifício Artes em Partes no Porto.
"The Black Flow Arena" consiste na pintura directa sobre as paredes desse mesmo espaço.
Inaugura sábado, 24, às 16 horas.

quinta-feira, setembro 22, 2005

Little Nemo

Little_nemo_plancha_1
O tema central da FIBDA é o sonho e o destaque deste ano são os originais ( espero que alguns o sejam de facto! ) de Little Nemo in Slumberland de Winsor McCay. E como é habitual a exposição do vencedor do prémio nacional de ilustração, que este ano é a 'nossa' Marta Torrão.
O Festival decorre de 21 de Outubro a 6 de Novembro. Mais informação detalhada no Beco das Imagens.

Everyone is a designer





















CATALYSTS!
"Um projecto de colaboração que reúne designers de todo o mundo, Catalysts! aborda a relevância e o impacto do design de comunicação na cultura contemporânea."

Acreditar - Sedução - Informação - Envolvimento - História ( referências ) - Avalanche de imagens
Estes são os grandes capítulos de uma exposição integrada na ExperimentaDesign . Absolutamente a visitar para ver o que vemos e o que não vemos nas 3000 mensagens que nos chegam através das imagens em cada dia. Convém ir com algum tempo para não perder o filme de Rob Schröder que passa na última sala da exposição, uma montagem de imagens televisivas em avalanche total ( Schröder captou-as ao longo de anos através de três aparelhos ligados simultaneamente em canais diferentes ). São cerca de 45'. No dia em que lá estive quase ninguém conseguiu sair da sala sem que o filme terminasse. Colamo-nos àquele écran por reconhecimento, riso, e pelos efeitos bizarros que a montagen de imagens contrastantes e descontextualizadas produz.
Não esquecer o catálogo. É uma revista bem impressa, plena das imagens e dos textos da exposição. O melhor é que custa apenas 5€.
Catalysts! está no CCB, até 27 de Novembro.

terça-feira, setembro 20, 2005

Está aí alguém?

escape

running with the wolf

domingo, setembro 18, 2005

Setembro vem recheado de convites ( ilustrados )




sexta-feira, setembro 16, 2005

Na loja moram cavalos, meninas de papel e bonecos com flores nos olhos




quarta-feira, setembro 14, 2005

Vale mesmo a pena!









Pelo correio também me chegou o convite para a exposição do Carll Cneut. Pensei logo em publicá-lo aqui. Fiquei contente por ver que a Alice já o tinha feito ( é muito bom sermos mais do que um neste blog!).
Assim, reforço e sublinho o seu post, acrescentado que estas ilustrações de Cneut são, ao vivo, absolutamente imperdíveis. Tive já a sorte de as conhecer( em Bolonha por altura da feira do livro infantil no ano passado ), e é quase impossível a reproduzir impresso aquilo que podemos ver nos originais. É tão outra coisa! Tem sobretudo a ver com a técnica de pintura.












E, claro que sim, é obrigatória uma visita à loja de que todos estávamos à espera. É uma loja especial que existirá apenas até 30 de Outubro.

terça-feira, setembro 13, 2005

Inaugurações

As nossas ciber artesãs, as crafty girls, vão ter uma loja real!
Inaugura no próximo dia 15 de Setembro, no centro
comercial Picoas Plaza, um espaço de loja+exposição
dos trabalhos das criadoras Rosa Pomar,
Hilda Portela e Ana Ventura.
Acessórios para adultos e crianças, brinquedos,
objectos de decoração,ilustrações e cadernos
são algumas das peças de autor(todas únicas ou
realizadas em pequenas séries)já conhecidos de muitos
através da internet mas que até ao fim de Outubro
poderão ser vistos ao vivo e comprados no centro de Lisboa.

Inaugura A fada Bruxa e Outras Histórias de Carll Cneut ,
sábado 17 , pelas 18.00h
, no Auditório Augusto Cabrita, Barreiro,
na presença do ilustrador.

Vale a pena apanhar o barco, passear pelo Tejo e deixarmos
a preguiça sozinha no sofá!

A programação de ilustração deste auditório é uma 'passerelle'
de estrelas incontornáveis
da ilustração para a infância.
A não perder.

Mulheres piratas

Susan Synarski é uma ilustradora californiana 'engagée' feminista e lésbica, como agora se usa, e é meio caminho andado para o reconhecimento no meio artístico.
Ilustrou este lindíssimo livro sobre mulheres piratas, Booty, Girls pirates on the high Seas, da editora Chronicle Books,2002. Ficamos a conhecer a história das famosas Mary Read e Anne Bonny, da Lai Choi San (também personagem de Milton Caniff, Terry et les pirates) e outras. Mulheres piratas portuguesas não constam.
rachel
Rachel Wall
grace
Grace O'Malley

segunda-feira, setembro 12, 2005

Em perigo de extinção










il. Tiziana Romani
Voltei :)
e trouxe comigo um excerto de Teresa Durán que, para além de ter uma personalidade fascinante, é especialista em imagem na Literatura Infantil e Juvenil. Trabalha em Barcelona.

(...) Hay libros con muchas imágenes, pero no son, no constituyen, un libro ilustrado. Un buen trabajo de ilustración es aquella obra que puede leerse de cabo a rabo, aunque esté escrita en chino, porque sus ilustraciones nos hablan, nos comunican, nos implican. A estas obras se les llama álbumes y en nuestras latitudes se hallan en peligro de extinción.

quarta-feira, setembro 07, 2005

Sarah Adamopoulos

capa cor sarah
Os velhos que restam do tempo do Portugal bolorento, salazarento. A geração dos meus pais, professores e pessoas que viviam quando eu era pequenina. É o novo livro da Sarah Adamopoulos, Fado Menor.
A capa foi baseada na figuração da Júlia Cota, artesã minhota, mulher do povo, que repete o seu retrato nas bonecas gordas e coloridas que faz.
As ilustrações do interior estão muito pequenas e não se lêem. Eu nos Açores e a Sarah a planar por aí, não aprovámos o miolo e ficou uma porcaria. Ainda não vi o livro. Prevejo aborrecimentos e telefonemas em vão para a Oficina do Livro.

sexta-feira, setembro 02, 2005

tim burton

desktop1_sm
O João da DFX mandou-me o link para o próximo filme de animação do Tim Burton. Espreitem aqui.