segunda-feira, agosto 15, 2005

Coisas que fascinam

















Tenho saudades das ilustrações do José Fragateiro, saudades de as ver regularmente.
Tenho saudades da rubrica semanal "Coisas que Fascinam" na Notícias Magazine que, sem que nunca conseguisse perceber porquê, desapareceu.
E fascinavam mesmo: os textos da jornalista Carla Maia de Almeida, as ilustrações do Zé. Na maioria, recortam pedacinhos de mundo cuidadosamente escolhidos e (re)montados, numa base sóbria de aquarela. Tudo na conta certa para nos prender como numa fotografia familiar mas longinqua. Mostram o espaço e o tempo dos dias que passam numa vida. São poesias silenciosas.

Alguma imprensa escrita - nomeadamente as revistas (e aí um tributo à N.M., revista semanal de grande tiragem que tem servido como lugar de estreia, montra e divulgação de ilustradores portugueses) - já percebeu a diferença incumensurável ter parte dos seus artigos ilustrados. E entende (espero), cada vez mais, ilustração como uma linguagem liberta de faixas etárias necessáriamente reduzidas.
Sinto que a ilustração confere uma "durabilidade" especial aos artigos, ao próprio objecto de imprensa. Um sentido (mais) intemporal.
Parece-me que muitos ilustradores, nomeadamente aqueles com quem partilho este Blog, estarão disponíveis para imprensa escrita( falámos muito sobre isso no outro dia a Carla e eu ).
O público estará por certo.

















Ilustrações de José Fragateiro

6 Comments:

Blogger kikazinha said...

É verdade amiga Dora eu adoro ilustrar para a imprensa, foi aí que comecei,aliás na Notícias Magazine e na parte dos adultos, e até hoje é das coisas que nunca me fartam.Há uma certa magia em ilustrar textos que aparentemente terão um curto "prazo de vida".Para m im é sempre a "lufada de ar fresco" do stress de fazer os livros...Da ilustração acima lembro-me eu muito bem.A Noticías Magazine infelizmente teve que fazer uma "remodelação" no design há uns dois anos e acabar com a ilustração excepto na Terra do Nunca,as pessoas da redacção como a Mafalda ficaram muito tristes mas era uma decisão que não dependia delas.
Mas às vezes ainda aparecem umas coisas.A Noticías Magazine era fantástica quando fazia capas ilustradas!

9:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

qd é que a carla pott deixa de ser assim tao vaidosa?

11:28 da tarde  
Blogger kikazinha said...

???????????????

12:18 da manhã  
Anonymous Carla Maia de Almeida said...

Olá. Não sou ilustradora e nunca tinha visitado este blog, mas queria agradecer o comentário às "Coisas que Fascinam". Também tenho saudades. Lembram-me um tempo em que ainda era permitido pensar antes de escrever. Hoje, a tendência é ao contrário: escreve-se primeiro e pensa-se depois, se é que se chega a pensar alguma coisa...
As "Coisas que Fascinam" acabaram por duas razões: primeiro, porque ao fim de 60 textos ou mais, torna-se um bocado difícil encontrar coisas que fascinem... pelo menos, que fascinem mais do que uma pessoa. Segundo, porque não eram suficientemente popularuchas para o novo formato da Notícias Magazine, que desde há dois anos só põe pessoas na capa, quer sejam o sr. Ministro ou o Zé da Esquina. As inteligências que administram, dirigem e às vezes editam os jornais e revistas acham que as ilustrações dão muito trabalho a descodificar, por isso preferem fotografias, de preferência a cores. É simples.
Pensar que as "Coisas que Fascinam" chegaram a ser capa, com uma lindíssima ilustração da Fernanda Fragateiro sobre a Lua, é como regressar à época vitoriana do jornalismo, por um momento. Como diria Tristan Tzara: em princípio, sou contra o saudosismo; mas também sou contra os princípios.
Espero que não levem a mal a minha intromissão. Era só para dizer que gostei de saber que alguém se lembra.

10:23 da manhã  
Blogger wiSHEs&HEros said...

Realmente,tenho saudades de ver mais ilustração na imprensa.

10:28 da manhã  
Blogger Benjamim said...

ilustradore na imprensa...???
já nem sei o que e isso.
QUE SAUDADES

11:34 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home